Viviane Ch. 01

byTathy©

Meu nome é Viviane e vou contar a minha história. Pelo menos a parte que eu considero interessante. Eu conheci o Marcos quando eu tinha vinte anos. Ele tinha trinta e cinco e seu casamento havia terminado fazia alguns meses. O Marcos é um empresário muito bem sucedido e compartilha comigo das mesmas fantasias sexuais. Só que ele é mais ousado que eu e isso é justamente o que nos mantém unidos, pois eu preciso dele para conseguir realizar algumas das minhas fantasias.

Quando eu o conheci, minha única frustração era que meus seios eram pequenos demais para o meu gosto e eu sempre comentava isso com o Marcos. Nós não temos um relacionamento fixo como namorados ou algo do gênero. Nós temos o que muitos chamariam de amizade colorida, com direito a muito sexo, mas sem comprometimento de nenhuma parte.

Certa vez, surgiu o assunto dos meus seios e eu comentei que quando tivesse dinheiro eu iria dar uma turbinada neles. O Marcos se propôs a pagar as despesas para mim, pois ele também gostava de seios maiores e firmes. Apesar dos meus seios serem extremamente pequenos, dando a impressão de eu ser uma pré-adolescente, eles eram muito sensíveis, assim como todo o meu corpo. Às vezes, quando eu tenho um orgasmo e a estimulação continua, eu continuo a ter orgasmos consecutivos e em alguns casos, se a estimulação não parar, eu chego a perder completamente as forças e quase perco os sentidos. Nesses casos eu demoro vários minutos para me recuperar.

A cirurgia foi um sucesso e eu passei a ter um par de seios lindos, firmes, com cicatrizes quase imperceptíveis, e com uma aparência muito natural que podia enganar facilmente muitos "especialistas". Depois do período de recuperação eu estava louca para exibir meus novos dotes e o Marcos estava louco para realizar o meu desejo, pois a fantasia dele era justamente expor meu corpo para as pessoas, me colocando em situações bastante delicadas. Com o tempo, a nossa ousadia foi aumentando consideravelmente. O que eu vou contar a seguir são situações que eu e o Marcos criamos depois que eu ganhei meus novos seios.

Assim que eu fui liberada pelos médicos para tomar sol, o Marcos me levou para a praia para eu poder me bronzear e me exibir. Mas ele me disse que não queria uma praia como as do Rio de Janeiro onde muitas mulheres fazem topless e isso é comum. Ele queria um lugar onde o topless não fosse um costume, assim eu chamaria muito mais atenção. Isso nos deixava muito mais excitados.

Não bastava mostrar meu corpo, tinha que ser de uma forma que chamasse muita atenção. Nós fomos passar um final de semana em Guaraparí e antes mesmo de ir para a pousada onde ficaríamos os três dias, nós paramos em uma praia para começar logo a nossa diversão. O Marcos estacionou o carro ao lado da estrada, perto de outros que já estavam parados e disse que precisávamos trocar de roupas.

Ele já estava preparado para a situação e já vestia a sunga por baixo da bermuda. Eu estava vestindo uma mini-saia com uma calcinha e uma blusinha sem sutiã. Ele me disse para descer do carro e me trocar ao lado da porta. Ele me disse para tirar toda a roupa enquanto ele abria o porta-malas do carro para pegar o meu biquíni. Eu segui as instruções dele, coisa que foi ficando muito comum a partir daquela viagem, e fiquei nua do lado de fora do carro, protegida apenas pela porta aberta do carro.

Mas isso não impedia que os carros que passassem pela estrada pudessem me ver. Ele pegou as minhas roupas e guardou-as no porta-malas e somente depois disso ele pegou a parte de baixo do meu biquíni e me entregou. Ele disse que naquela praia eu não precisaria da parte de cima. Depois ele me entregou o protetor solar e deixou que eu me preparasse para o sol.

Depois de devidamente protegida e usando apenas a parte de baixo do meu biquíni, nós deixamos o carro estacionado e começamos a caminhar na areia. As atenções imediatamente se voltaram para mim, me deixando meio constrangida de início, mas aos poucos fui me acostumando e ficando cada vez mais excitada. Alguns minutos mais tarde eu já estava adorando aquela minha nova situação. Meus seios perfeitamente modelados estavam atraindo todas as atenções daquele lugar. Eu estava muito feliz com o resultado.

Depois de caminhar por toda a praia, nós voltamos para o carro para irmos até a pousada. O Marcos disse que eu deveria me vestir novamente, mas pediu que eu fosse pegar as roupas no porta-malas. Isso me deixou completamente exposta para quem passasse na estrada enquanto eu pegava as nossas roupas. Ele me disse para colocar a minissaia sobre o biquíni e vestir a blusinha. Quando chegamos à pousada, já era final de tarde e a dona do lugar foi nos mostrar o nosso quarto.

O quarto era muito legal, com duas entradas: uma dava acesso ao interior da pousada e a outra dava acesso ao mezanino onde se encontrava uma pequena piscina. A porta de outros três quartos também davam acesso a esse mezanino. O nosso quarto era interessante. Pela porta do mezanino podia-se ver a cama de casal inteira e mais ao fundo o box do chuveiro que era integrado ao quarto e fechado por um vidro completamente transparente. Quando entramos no quarto, o Marcos olhou para mim já com um sorriso que deixava claro que ele já havia tido suas ideias.

A mulher nos informou os horários do café da manhã, nos deu umas dicas gerais e nos deixou à vontade. Naquele momento, o dia já estava acabando e já estava começando a escurecer. O Marcos disse que queria testar uma teoria e me pediu para ir tomar um banho. Com as portas do quarto fechadas eu tirei as minhas roupas, coloquei-as sobre a cama e fui para o box, imaginando o que o Marcos estaria tramando.

Ele apagou as luzes do quarto e deixou acesa apenas a luz do box. Isso, segundo ele me disse mais tarde e eu pude confirmar, fazia com que qualquer um que passasse na frente da porta aberta do quarto pudesse me ver perfeitamente. Isso somado ao fato do box ser a única fonte de luz dentro do quarto, fazia com que aquele local chamasse muita atenção. Então, assim que eu comecei a tomar meu banho, o Marcos abriu a porta do quarto, como se não tivesse notado aquele detalhe, e saiu para passear no mezanino deixando a porta completamente aberta.

Ele disse que ficou sentado numa cadeira observando discretamente a reação de quem passava em frente à porta. Ele me disse que um dos hóspedes passou em frente à porta e olhou para dentro. Aparentemente ele não acreditou no que estava vendo, porque depois de passar pela porta ele parou e voltou para olhar novamente. Aparentando nervosismo, ele olhou ao redor para ver se alguém estava observando e ficou alguns instantes olhando para dentro do quarto.

Quando eu terminei meu banho, eu peguei a toalha que estava pendurada do lado de fora do box, me enxuguei, pendurei a toalha novamente e fui até a cama pegar as minhas roupas. Quando eu estava perto da cama, com o quarto escuro, eu estiquei o braço e acendi a luz. Naquele instante um hóspede passou pela porta e me flagrou completamente nua no meio do quarto.

Nós dois ficamos imóveis sem saber como reagir. Ele aproveitou aqueles breves instantes para observar todos os detalhes que ele pôde e, depois de se desculpar, foi embora. Depois que eu me vesti, o Marcos me levou até um restaurante indicado pela dona da pousada onde nós conversamos sobre as experiências do dia. O Marcos me disse que havia adorado o nosso pequeno passeio pela praia. Ele disse que tinha adorado estar ao meu lado enquanto observava os olhares das outras pessoas.

Eu também havia adorado, apesar do meu nervosismo inicial, e estava muito orgulhosa de poder mostrar meus seios firmes e perfeitamente modelados. Isso era algo que eu sempre havia sonhado e agora eu podia fazer. Nós dois estávamos felizes com a nossa "parceria" e ele me disse que faria o possível para que eu experimentasse novas formas de exibir meu corpo.

Ele me contou sobre as reações dos hóspedes que passavam pela porta do nosso quarto enquanto eu estava tomando banho. A forma como ele descrevia as reações foi me deixando cada vez mais excitada, e eu não podia esperar pela próxima oportunidade. Ele me disse que queria me colocar em situações onde eu ficaria exposta e perguntou se eu concordava com ele. Eu respondi que sim, desde que ele me garantisse que eu estaria em segurança. Ele me garantiu que em nenhum momento eu estaria sozinha, mesmo que ele não estivesse ao meu lado, ele estaria a uma distância segura. Ele me disse que em algumas ocasiões, ele planejava me pegar de surpresa, o que segundo ele seria muito mais excitante para nós dois.

Chegamos de volta à pousada logo depois da meia-noite e aparentemente todos estava dormindo, pois com exceção de uma iluminação fraca na piscina, não havia nenhuma luz acesa. Nós procuramos não fazer barulho para não incomodar ninguém. Antes de entrar no quarto, o Marcos me disse que seria legal se eu aproveitasse para entrar na piscina sem roupas. Eu fiquei olhando para a água convidativa e acabei não resistindo à tentação, pois eu já estava bastante excitada por causa da nossa conversa no restaurante.

Eu tirei toda a minha roupa e entrei na água. O Marcos pegou as minhas roupas do chão e as levou para dentro do quarto. Depois ele voltou para o lado da piscina e ficou encostado na mureta do mezanino de onde dava para ver parte da rua de acesso à pousada e mais adiante o mar. Eu fiquei dentro da água aproveitando a sensação de liberdade com a qual eu sonhava há muito tempo, sendo observada pelo Marcos.

Nós já estávamos ali há alguns minutos quando o Marcos me disse que tinha uma surpresa para mim e disse para eu ficar ali esperando por ele. Ele deu a volta na piscina e entrou no quarto, fechando a porta atrás dele. Eu fiquei ali, tentando imaginar o que ele estaria fazendo, quando ouvi algumas vozes se aproximando de onde eu estava. A princípio eu fiquei meio assustada, mas logo percebi o que estava acontecendo. Certamente o Marcos havia percebido que alguém estava chegando e foi se esconder para me deixar sozinha.

Como eu não tinha onde me esconder e quem quer que fosse já estava perto demais, eu optei por ficar como estava, dentro da água e ver o que acontecia. Segundos depois, um casal aparecia pelo mesmo caminho por onde eu havia chegado com o Marcos, passou por mim e parou na frente da porta do quarto ao lado do nosso. Eles se esforçaram para não ficar olhando para mim, pois perceberam que eu estava nua, apesar de estar com o corpo todo sob a água.

Assim que o casal entrou pela porta o homem aproveitou enquanto fechava a porta para dar uma espiadinha em mim. Alguns instantes depois, o Marcos abriu a porta e veio sorrindo na minha direção trazendo uma toalha. Eu estava super excitada. Ele ficou na borda da piscina segurando a toalha e esperando que eu saísse da água. Eu subi pela escadinha, dei a volta na piscina e me sequei ali mesmo enquanto o Marcos ficou me observando.

Quando nós entramos no quarto, o Marcos me fez deitar na cama e começou a beijar a minha vagina, me levando à loucura e me obrigando a usar todas as minhas forças para não fazer muito barulho e acordar os vizinhos. O Marcos adora fazer sexo oral e eu também adoro. Ele comentou comigo que a ex-esposa dele não gostava dessa modalidade de sexo, preferindo o mais convencional. Isso deixava o Marcos frustrado. Comigo ele aproveitava para fazer tudo o que ele não conseguia fazer antes.

Eu só podia agradecer e aproveitar. Depois que nós dois estávamos satisfeitos e deitados lado a lado, o Marcos me perguntou o que eu achava de fazer uma depilação completa em minha vagina. Ele disse que tinha vontade de experimentar uma vagina lisinha, sem pêlos. Eu disse que nunca havia me depilado completamente antes, e que se ele quisesse, ele mesmo poderia fazer o serviço do jeito que ele queria. Ele ficou muito feliz e disse que na manhã seguinte ele iria fazer uma experiência.

Report Story

byTathy© 0 comments/ 100 views/ 0 favorites

Share the love

Tags For This Story

Report a Bug

1 Pages:1

Por Favor Classifique Este Envio:

Please Rate This Submission:

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Please wait
Recent
Comments
by Anonymous

If the above comment contains any ads, links, or breaks Literotica rules, please report it.

There are no recent comments  - Click here to add a comment to this story

Add a
Comment

Post a public comment on this submission (click here to send private anonymous feedback to the author instead).

Post comment as (click to select):

Refresh ImageVocê pode também escutar a uma gravação dos personagens.

Preview comment

Forgot your password?

Please wait

Change picture

Your current user avatar, all sizes:

Default size User Picture  Medium size User Picture  Small size User Picture  Tiny size User Picture

You have a new user avatar waiting for moderation.

Select new user avatar:

   Cancel